31 de outubro de 2012

Resenha - Banda: Amaranthe - Álbum: Amaranthe (2011)

Amaranthe um dos grandes nomes do Metal na atualidade


Na viagem para o inferno nos deparamos com uma banda de Death Metal Melódico, com nuances do Metal moderno, que antes era conhecida como Avalanche, mas desde 2009 mudaram seu nome para Amaranthe, os suecos que mostram grande habilidade em um som feito especialmente para os jovens headbangers de Gotemburgo.

Seu primeiro álbum foi lançado no dia 13 de abril de 2011, e foi batizado de "Amaranthe", a banda sem duvidas possui um grande talento e reconhecimento por todos, e se você ainda não conhece deixo a dica, ouça até conseguir parar... Mas falando do álbum em si, temos refrões grudentos que já fazem parte do roteiro do grupo, melodias precisas e solos extraordinários, sendo impossível não se empolgar e cantar junto cada estrofe.

Com três vocalistas a banda esbanja precisão e belas composições

Impossível não destacar os três vocalistas que compõem a banda, tendo o contraste entre a voz suave de Elize Ryd, o vocal limpo de Jake E e o gutural de Andy Solveström, mas com certeza o maior destaque fica para a voz de Elize, mostrando ter uma das vozes mais belas do cenário metálico.

Faxias como "Hunger", "Leave Everything Behind" e "Automatic" dão continuidade a nossa jornada ao inferno, então não perca tempo e embarque nessa viajem sem volta chamada Amaranthe.


Conheça mais a banda



Formação:
Elize Ryd - voz
Andy Solveström - voz gutural
Jake E - vozl limpo
Olof Mörck - guitarra e teclado
Johan Andreassen - baixo
Morten Løwe Sørensen - bateria




Tracklist
01. Leave Everything Behind
02. Hunger
03. 1.000.000 Lightyears
04. Automatic
05. My Transition
06. Amaranthine
07. Rain
08. Call Out My Name
09. Enter The Maze
10. Director’s Cut
11. Act Of Desperation
12. Serendipity


Resenha por: Ana Paula
Edição & Revisão: Renato Sanson
Fotos: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More