2 de julho de 2013

Resenha - Banda: Vingador - Álbum: Dark Side

Resenha por: Renato Sanson


Na ativa desde 1999 e após dois EP's e alguns altos e baixos, os cariocas do Vingador conseguiram lançar neste ano seu primeiro álbum, intitulado de "Dark Side". A proposta da banda é o bom e velho Thrash Metal old school, com influências de Gama Bomb, Exodus e Municipal Waste.

Com uma qualidade sonora bem old school (segundo a banda foi proposital), o clima oitentista toma conta, mas não compromete a qualidade do material, que esbanja riffs rápidos e cortantes, cozinha coesa e com boa técnica, além de excelentes vocalizações que o estilo pede.

A abertura com "Tolerance" já mostra o poder da banda, riffs ganchudos e com boas melodias, além da pega old school que fará você quebrar pescoço; "Hellstorm" segue o baile, e se mostra mais ríspida e agressiva, com riffs mais simples, mas bem cativantes; "Morrendo De Paz" (a unica faixa cantada em português), dita o ritmo mais cadenciado, com ótimos solos e uma pegada pronta para o headbanging; "Pestilence" vem mais trabalhada, alternando entre os momentos mais rápidos com os mais cadenciados, que apresentam ótimas vociferações.

Um prato cheio para os thrashers de plantão, não espere por modernidades ou algo novo, mas sim pelo bom e velho Thrash Metal.


Conheça mais a banda


Assessoria: Island Press

Tracklist:
01 Tolerance
02 Hellstorm
03 Ashes Of Fire
04 Circle Of Death
05 Morrendo De Paz
06 Have No Fear
07 Dead Nazi Poem
08 Yellow Crew
09 Pestilence
10 Darkness Is The Only Light... Suicide The Way

Formação:
Alexandre Cabral (Vocal/Guitarra)
Diego Neves (Baixo)
Leonardo Bento (Bateria)
Raphael Zaror (Guitarra)

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More