23 de setembro de 2013

Resenha - Banda: Mastermind - Álbum: Strange Agression (2013)

Resenha por: Renato Sanson


Formado em 2008 na Cidade Del Leste no Paraguai, o Mastermind lançou em Janeiro desse ano de forma independente seu primeiro o álbum, "Strange Agression", que está sendo distribuído de forma independente.

O que temos nesse disco de estréia é o mais puro Thrash/Speed Metal, calcado nos anos 80, com influências que vão de Exodus a Judas Priest, fazendo alegria de qualquer thrasher de plantão, com riffs cortantes, solos rápidos e potentes, cozinha técnica e variada e vocalizações agressivas.

A produção do disco está muito boa, feita no estúdio Abato Records pelo produtor Alberto Santacruz, que deixou aquele clima oitentista, mas colocando muito peso e deixando todos instrumentos bem nivelados e equalizados. A parte gráfica é simples, mas bem eficiente, com uma capa bem estilo anos 80, que faz você imaginar esse lançamento em vinil.

Musicalmente o trio formado por Ricardo Acosta (Guitarra), Cesar Ortigoza (Baixo/Vocal) e Blas Cardenas (Bateria) apresentam um disco viciante e calcado nas suas influências, fazendo realmente o que os agradam, Thrash Metal sem frescuras e bem tocado.

Faixas como: "Hell Line", "The Triple Alliance", Terrible World" e "Violence & Force", farão você perder o pescoço, seja pelos riffs e suas "paradinhas" mortais, ou pelos refrões de se cantar com punho erguido, aliado ao poder da cozinha e vocalizações insanas que empolgam logo de cara.

É o Metal sul americano mostrando sua força e sendo cada vez mais reconhecido no underground, mesmo com todas dificuldades que enfrentam (muito parecidas com as dificuldades do nosso underground), ainda existem guerreiros que lutam contra o sistema e mostram seu verdadeiro amor pelo Heavy Metal. Aprecie sem moderação e perca o pescoço com esta maravilha!

Conheça mais a banda



Tracklist
01 Gates of Hell
02 Hell Line
03 The Triple Alliance
04 The Nightcomers
05 Strange Agression
06 Terrible World
07 Victims of Faith
08 Violence & Force
09 Im Memory of a Soldier


Formação
Ricardo Acosta (Guitarra)
Cesar Ortigoza (Baixo/Vocal)
Blas Cardenas (Bateria) 

1 comentários:

Muito bom o material dessa banda, bom demais....

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More