20 de abril de 2014

Resenha - Banda: Symphony Draconis - Álbum: Supreme Art of Renunciation (2013)

Resenha por: Renato Sanson


O Black Metal nacional sempre revelou grandes nomes do estilo, muitos já consagrados na cena, e mais um nome surge com força em busca de tal consagração, estou falando do quinteto porto-alegrense Symphony Draconis que chega com o ótimo “Supreme Art of Renunciation”.

Mantendo aquela linha do Black Metal noventista, onde soa mais climático e soturno, o grupo gaúcho não se prende a rótulos, apostando em um trabalho mais polido e porque não bem feito.

Pois a qualidade musical apresentada é acima da média, seja pelas linhas vocais que exploram as partes mais rasgadas do estilo com boa alternância, pelos riffs e solos melodiosos mais do que empolgantes ou pelo baixo-bateria que soa técnico e pulsante.

A produção foi feita pela banda em parceria com o produtor Sebastian Carsin no Hurricane Estúdio em Porto Alegre, onde temos uma sonoridade limpa e extremamente polida, deixando o som bem na cara e atual. A parte gráfica ficou a cargo do designer Marcelo Vasco, que fez um trabalho genial, seja pela capa monstruosa e rica em detalhes ou pelo encarte completo e com belos detalhes.

Musicalmente o Symphony Draconis da um passo a frente no que se diz Black Metal, o que para “muitos” radicais soa desconfortante, para os que gostam de música extrema em geral e tem a mente aberta para novos caminhos será um prato cheio, pois “Supreme Art of Renunciation” é viciante.

“Transcending the Ways of Slavery”, “Eris Aeon” e “Demoniac by a Divine Power” mostram o lado mais agressivo, mas com excelentes variações e com um dinamismo fora do comum. Já “Supreme Art of Renunciation”, “Ain Soph Aur” e “Itzpapalotl” mostram o lado mais simples e melódico da banda, mostrando a grande diversidade musical em suas composições.

Black Metal feito por quem entende e não tem medo de ousar ou acrescentar, esse é o Symphony Draconis que chega para marcar seu nome na história da música extrema nacional.

Conheça mais a banda:


Assessoria: Ms Metal Press


Tracklist:
01 Transcending the Ways of Slavery  
02 Eris Aeon  
03 Demoniac by a Divine Power  
04 Supreme Art of Renunciation  
05 Ain Soph Aur  
06 The Visions and Mysteries of the Great Ones  
07 Crushing the Concepts  
08 Itzpapalotl  
09 Seeds of Evil


Formação:
Nechard (Vocal)
Aym (Guitarra)
Thiernox (Guitarra)
Follmer (Baixista)
Helles Vogel (Bateria)

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More