28 de outubro de 2014

Resenha - Banda: Chute No Rim - Álbum: Peste Virtual (2014)

Resenha por: Renato Sanson


Se você é fã de Punk/HC/Crossover tem a obrigação de ouvir o disco de estréia dos gaúchos da Chute No Rim, que acabaram de lançar o violentíssimo “Peste Virtual”.

Letras em português do mais alto cunho social, mais parecendo um soco na cara dos hipócritas e um míssil no plenário, sem papas na língua mostrando de fato o que vivemos no nosso querido “Brasil sil sil”.

São oito faixas e um pouco mais de 28min de pura insanidade e violência, soando rápido, agressivo e letal a ouvidos não iniciados. A produção do disco está ótima, todos instrumentos bem audíveis e com o peso necessário.

O trio formado por Guilherme Rios (bateria), Pedro Godoy (baixo) e Marlon Róidia (guitarra/vocal) despeja raiva e caos em sua sonoridade, as vocalizações são vomitadas em um protesto de nojo a humanidade, assim como os riffs que cortam tudo pela frente, já a cozinha parece uma bomba relógio que não se intimida ao explodir a todo instante.

Basta ouvir “Terra Santa”, “O Homem Destrói o Mundo”, “Sr. Furtado”, “Peste Virtual”... E sentir o poder destes maníacos que não estão para brincadeira. Destaco também a bela capa e contracapa do álbum que merece uma olhada bem atenta, pois mostra nossa verdadeira realidade.

Como o disco “Brasil” do RDP, vão se passar vinte anos e “Peste Virtual” continuará atual e mortifero.

Finalizo com o dizer da contracapa “Cuidado, Você Está Sendo Observado.”





0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More