11 de junho de 2015

Resenha - Banda: Nuestro Odio - Álbum: Terra Santa Cruz (2015)

Resenha por: Renato Sanson


“Terra Santa Cruz” (primeiro nome dado ao Brasil pelos colonizadores) terceiro trabalho do quarteto paulista Nuestro Odio, que continua destilando seu HC com pitadas de Thrash e certo experimentalismo.

São nove composições fortes e instigantes, cantadas em língua pátria, o que mostra todo ódio e desprezo que o Nuestro Odio tem pelo atual momento de nossa sociedade.

Peso e agressividade é o que não falta ao trabalho, que segue uma linha mais cadenciada como na faixa “Desordem e Caos”, com uma mescla muito boa de vocais gritados com gutural.


A cadencia fica de lado com “Sagaz” que mostra um poder de fogo absurdo, com baixo-bateria funcionando muito bem e com riffs esmagadores.

“Ópio do Povo” vem menos rápida, mas não menos agressiva e pesada, como se os riffs fossem cortar sua cabeça, e com uma letra de pura reflexão sobre o momento atual do Brasil.

O disco segue essa linha, com momentos mais cadenciados em sua maioria, com alguns mais rápidos, que se entrelaçam muito bem com o peso e experimentalismo que a banda apresenta no decorrer de suas composições.


A produção feita no Lau Studio soa limpa e priorizando os timbres mais pesados, o que deixou a sonoridade ainda mais característica.

Não perca tempo e ouça agora mesmo esse míssil sonoro, que está disponível no Youtube ou pode ser baixado gratuitamente no site da banda.

Ouça e perca o pescoço!


Links de acesso:



Tracklist:
01 Terra de Santa Cruz
02 Desordem e Caos
03 Sagaz
04 Interlúdio
05 Ópio do Povo
06 Hipocrisia Hereditária
07 Alma Corrompida
08 Sangue no Olho
09 Por um Deus


Formação:
Leonardo Ronqui (Vocal)
Denis Alvim (Guitarra)
Tiago Rocha (Baixo)
Leandro Oliveira (Bateria)




0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More