21 de junho de 2015

Resenha - Banda: Oylokon - Álbum: Life Belongs to Death (2015 - Importado)

Nota/Note: 8,0

Resenha por: Renato Sanson

A Itália sempre foi um país que revelou muitos nomes da música pesada, e segue essa escrita com os novos grupos que surgem de tempos em tempos, como é o caso do Oylokon, que chega para mostrar seu Thrash Metal insano de alto nível em seu Debut “Life Belongs to Death”.

As influencias do Thrash norte-americano são latentes, mas não só de medalhões do estilo, podemos encontrar aqui e ali certos flertes modernos, assim como a boa pitada de Death Metal que deixa o som ainda mais agressivo.

A produção do trabalho é bem caprichada, soa limpa e atual, com todos os timbres bem gordurosos, fazendo cada riff e cada batida soar como um rolo compressor. Os riffs vem violentos e variados, assim como a cozinha que mostra muita técnica (principalmente a bateria que apresenta grande precisão nos bumbos), e as vocalizações que soam em tom normal, mas agressivo, o que mostra um diferencial de um timbre mais rouco, e não gritado como o estilo sempre apresenta.

Fixas como: “Against Worms”, “Mass Perfection”, “No One Turns Back” e “Next Death” faram seu pescoço saltar fora, tamanho peso e feeling apresentados, em um Thrash Metal empolgante e visceral.

Mais uma grata revelação do underground mundial, se continuarem nessa pegada se tornarão referência do estilo em breve na Itália.


Links relacionados:



Tracklist:
01 Cenotaph
02 Against Worms
03 Perpetual Prayer
04 Mass Perfection
05 No One Turns Back
06 Dry the Sea
07 The Black at My Back
08 Pick Up Your Head
09 Next Death
10 Between My Teeth
11 Thronless
12 Godfree

Formação:
Runes (Guitarra/Baixo)
Reinblood (Vocal)
Olot (Bateria)


0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More