28 de junho de 2015

Resenha - Banda: Primator - Álbum: Involution (2015)

Resenha por: Renato Sanson


O Heavy Metal Tradicional sempre foi uma vertente forte no Brasil, mesmo o nosso país tendo mais força no Metal Extremo. E nesse grupo da veia tradicional temos os paulistas do Primator, que lançaram neste ano seu Debut “Involution”.

A pegada do Heavy Tradcional oitentista é latente, mas a banda não se prende ao passado, pois consegue soar atual e com características próprias. A começar pelas ótimas linhas vocais de Rodrigo Sinopoli, que mesmo tendo sua escola nos agudos, não exagera e dá o clima certo para cada composição. Já as guitarras de Márcio e Diego são o carro-chefe do álbum, riffs encorpados aliado a solos bem estruturados, que finaliza com a cozinha comandada por André (Baixo) e Lucas (Bateria), soando pesada e agressiva na medida certa.


A produção de Daniel de Sá ficou bem satisfatória, já que o equilíbrio é latente e não faz a banda soar datada. Porém parece que o som ficou um pouco abafado, o que poderia ser melhorado já que as composições são de extrema competência.

Faixas como: “Primator”, “Deadland”, “Caroline” e “Face The Death” mostrarão a você um pouco dessa máquina de fazer Heavy Metal.

Com certeza uma grata surpresa do underground nacional, que se continuar nessa levada passará de promessa a realidade.


Links de acesso:



Tracklist:
01 Primator
02 Deadland
03 Flames Of Hades
04 Caroline
05 Black Tormentor
06 Let Me Live Again
07 Face The Death
08 Erase The Rainbow
09 Praying For Nothing
10 Involution

Formação:
Rodrigo Sinopoli (Vocal)
Márcio Dassié (Guitarra)
Diego Lima (Guitarra)
André dos Anjos (Baixo)
Lucas Assunção (Bateria)


0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More