8 de julho de 2015

Resenha - Banda: In Torment - Álbum: Sphere of Metaphysical Incarnations (2014)

Resenha por: Alan Barreto
Edição/revisão: Renato Sanson


Esperei anos para ter em mãos o novo álbum do IN TORMENT, e é incrível como eles nunca decepcionam! É aquele tipo de banda que se renova dentro do seu próprio estilo, o Death Metal, mas sem se vender a nenhum tipo de tendência ou experimentalismos.

O álbum em questão é o excelente “Sphere of Metaphysical Incarnations”, que traz uma banda muito mais técnica e maturada, dentro de um estilo que é muito difícil de sobressair-se, destacando-se de tantas bandas que saturam a cena, mas ela consegue, e com sobras!


Calcados na antiga escola do estilo, o grupo liderado pelo vocalista Alex Zuchi destila com muita propriedade uma avalanche de riffs, todos muito bem encaixados em estruturas musicais bem definidas. “The Unnatural Conception” é um grande exemplo disso, por ser bem variada e com altas doses de técnica.

“Sphere of Metaphysical Incarnations” é altamente indicado para fãs do Morbid Angel, Obituary, Deicide e congêneres. Mas acredite, os brasileiros não devem em nada às bandas citadas, muito pelo contrário! Como exemplo disso temos o novo álbum do Morbid Angel que é uma verdadeira piada de mal gosto com o seu público.


Links de acesso:


Tracklist:
01 The Unnatural Conception
02 Divine Universal Awareness
03 Into Abyssal Landscapes 
04 The Threshold (Transcending the Matter)
05 Sphere of Metaphysical Incarnations
06 Far Beyond Mortality
07 Mechanisms of Domination
08 The Extinction Process
09 Beholding the Everlasting

Formação:
Alex Zuchi (Vocal)
Alexandre Graessler (Guitarra)
Rafael Giovanoli (Guitarra)
Bruno Fogaça (Baixo)

Dionatan Britto (Bateria)

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More