24 de agosto de 2015

Resenha - Banda: The Brainwash Machine - Álbum: A Moment of Clarity (2015 - Ms Metal Records)

Resenha por: Renato Sanson


O Prog Metal sempre me atraiu, seja pela maneira peculiar que cada banda coloca o seu som ou pelas composições longas que sempre achei bem interessantes. Mas é fato que o estilo entrou num certo ostracismo, onde muitas bandas surgiram e não vingaram, muitas por se parecerem demais com suas influencias e outras porque não receberam a devida atenção do público.

Mas um grupo que vem ganhando espaço a cada ano são os colombianos do The Brainwash Machine, que lançaram neste ano o ótimo “A Moment of Clarity”, seu segundo disco da carreira.

O que traz uma boa diferenciação em seu som é que suas composições não são longas (a maioria delas transita entre os 4, 5 minutos de duração), mas sim mais diretas, mas não menos técnicas e envolventes.


Os arranjos são primorosos e bem estruturados, aqui não existe exibicionismo individual, o sexteto trabalha em conjunto, o que faz suas músicas soarem ainda mais grandiosas, tendo sim o peso das guitarras, solos técnicos e melodiosos, uma cozinha diversificada que impressiona, teclados muito bem encaixados, e linhas vocais de causar inveja.

A produção sonora ficou a cargo Jorge Arango e Álvaro Cote, contando ainda com a masterização de Felipe López. Que fizeram um ótimo trabalho, deixando um som limpo em uma produção de alto nível, não devendo nada para os grandes nomes do estilo. Já a parte gráfica é simples, mas bem interessante remetendo os trabalhos do Rush por exemplo.

Musicalmente espere um disco mais progressivo e até mesmo obscuro, mas com passagens belíssimas e cheias de feeling. Pois é impossível ouvir “I Live in Fear”, “Manic” e “A Moment of Clarity” e não sair cantando.


Links de acesso:


Tracklist:
01 The Brainwash Machine (The Pessimist Anthem)
02 I Live in Fear
03 Spellbound
04 Animal Obsession
05 Ex-1
06 Manic
07 Dennis
08 A Moment of Clarity
09 Hellbound
10 Heal

Formação:
Andrés Ramírez (Vocal)
Diego Ante (Guitarra)
Álvaro Cote (Guitarra)
Manuel Henao (Baixo)
Jorge Arango (Teclado)
Christian Gaitan (Bateria)



0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More