6 de setembro de 2015

Resenha - Banda: Save Our Souls - Álbum: The Otherside (2015 - Shinigami Records)

Resenha por: Uillian Vargas
Revisão/edição: Renato Sanson


Siglas postas, referentes ao nome da banda, a impressão que se tem é de estar visualizando um pedido de socorro. SAVE OUR SOULS (S.O.S.), um pedido quem sabe, mas não de socorro, sim de licença para entrar em sua mente e te fazer viajar pelo mundo imaginário do “outro lado”!

Save Our Souls na ativa desde 2009 solidifica em cada trabalho lançado, seu estilo próprio musical intitulado de Gothic Prog Metal. Como a banda ainda é jovem há uma busca permanente para o posicionamento do grupo. Afinal a banda lançou um EP em 2010 e agora, em 2015, chegou o “The Otherside”, um Debut muito bem composto por 11 faixas.

O disco, durante as onze tracks, faz uma viagem e um resgate entre grandes fontes musicais do passado (extintas e na ativa). De cara em “Another Life” o álbum soa familiar e pode te fazer pensar que já o ouviu antes, mas calma. Pode ser o estilo? A pegada da guita? A voz da Melissa? Bom, escolha o seu motivo (ou podem ser todos juntos). “All The Lost Souls” chega após uma intro nervosa que te faz parar para ouvir a groove da “baixaria” produzida por Jackson Harvelle (baixo) e Andrêss Fontanella (bateria). A quarta música do disco chega à forma de uma linda balada, “The Sound of Heart” – E quando tudo parece “mais do mesmo”, quando fica difícil reunir forças para lutar novamente, é tão complicado (se) encontrar na fé e achar boas palavras pra dizer, escute a doce sinfonia que vem do coração.

A banda deixa claro que viver a música, não é apenas um hobby, isso fica nítido na qualidade das músicas, na expressividade das letras e a temática obscura do álbum. O CD vem em case acrílico de Cristal transparente, exibindo a arte com o nome da banda que guarnece o lançamento, na base da caixa. Uma obra a ser apreciada com moderação e tranquilidade. A pegada da guita, baixo e o vocal acompanhado do teclado fazem referência direta a bandas bem conhecidas. Analisando friamente não há novidades de grande notoriedade no disco, e ainda que soe “Clichê" (e soa) em nenhum momento aconteceu desconforto nas audições. Não há problema em realizar um trabalho clichê, o problema está em ser usual e mal feito, isto é inaceitável nos dias de hoje. Não com toda essa tecnologia à nossa disposição. Claro, este não é (nem de longe) o caso da Save Our Souls, um trabalho carregado de referências, mas concluído com alta qualidade.

Se a banda, como grupo, centra as melodias de forma perfeita, Melissa debruça a sua voz sobre as canções de maneira suave e cuidadosa. Lenta e tranquila? Nem sempre! “Dark Enigma” música que encerra o álbum (já que a próxima é uma versão da “The sound of Heart”), é marcada por algumas fusões perfeitas de ritmos, acordes e viradas. Ainda conta com o tradicional elo principal do estilo: O mix entre o vocal lírico e o gutural! E traz a presença especial do convidado Diego Voges rasgando a garganta e enriquecido a composição. O encarte que acompanha o trabalho traz as letras das músicas, ilustradas por excelentes fotos e artes gráficas, dignas de atenção!

O tempo é uma incógnita perfeita, somos proibidos de voltar ao passado para corrigir alguns tombos e não podemos avançar ao futuro para saber o resultado dos nossos atos. Somos prisioneiros do presente, mas ainda assim alguns detalhes nos dão “pistas” do que está por vir.

Então se liga nessa pista que a S.O.S. está te dando com o “THE OTHERSIDE”, só não digam que o Heavy And Hell não avisou, quando o sucesso derrubar as fronteiras físicas para a banda!

Formação:
Melissa Ironn – Vocal e Keyboards
Marlon Lago – Guitarra
Jackson Harvelle – Baixo
Andrêss Fontanella – Bateria

Tracklist:
01 Another Life – 07:12
02 All The Lost Souls - 05:56
03 Judgment Day – 04:31
04 The Sound Of Heart – 04:48
05 Web Of Lies – 05:38
06 Soul Domination – 04:26
07 Find The Way – 05:52
08 Leave Me Alone – 02:25 
09 You (Leave Me Alone – Parte 2) – 04:42
10 Dark Enigma – 08:57
11 The Sound Of Heart (Acústico) – 04:05

Embalagem: Case “Cristal” – Acrílico
Fotos: Natalie Silveira e Felipe Prass
Gravação: UFO Studio -  Capão da Canoa/RS
Artes (capa e encarte): João Duarte - J.Duarte Design


Ouça o álbum agora:


Adquira agora a sua cópia digital através do Cdbaby:



Venda da Cópia Física R$20,00 + Frete através do site:



0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More