21 de janeiro de 2016

Resenha - Banda: W.A.S.P. - Álbum: Dominator (2007 - Relançamento Shinigami Records)

Resenha por: Renato Sanson


O final dos 90 e começo dos anos 2000 não foi muito “feliz” para o W.A.S.P., pois entraram em uma sequência um tanto dolorida. Não que os discos sejam ruins, mas certamente estavam longe do padrão W.A.S.P. de qualidade.

Pós os fracos “The Neon God: Part 1 - The Rise” e “The Neon God: Part 2 - The Demise” (ambos lançados em 2004) a Vespa entrou em um hiato de três anos, onde em 2007 lançou seu 13° disco de estúdio, o bom “Dominator”.

E com a onda de relançamentos da Shinigami Records, “Dominator” chega em nossas mãos, um álbum mais simples, mas com as características do WASP, ainda que soe obscuro, já que seu tema lírico é baseado no trágico 11 de setembro e contendo várias críticas ao Presidente dos EUA nessa época, G. Bush. Musicalmente temos ainda resquícios do experimentalismo e modernidade usada nos álbuns anteriores, mas nada demasiado e sim simplificado, voltando aquela velha emoção que carrega as composições da banda e suas melodias simples e agradáveis, sendo um legitimo álbum de Heavy Metal com bons flertes de Hard.

A abertura com “Mercy” já mostra essa mudança, mesmo soando um pouco mais pesada, os riffs “largados” e solos melodiosos tomam conta, junto a voz mais do que característica do mestre Blackie Lawless; “The Burning Man” é puro WASP, desde as guitarras ao refrão grudento e seus coros inconfundíveis, além dos solos muito bem postados; Mas em “Heaven’s Hung In Black” temos toda a emoção típica de Lawless com sua voz rouca e sussurrada, em uma Power Ballad muito bem construída e grudenta; outro grande momento fica por conta de “Deal With the Devil” que conta com a participação do ex-guitarrista Darrel Roberts, em uma composição puro Rock N’ Roll, cheia de energia e feeling.

Um álbum que recolocou o W.A.S.P. nos trilhos novamente, que além de balancear os experimentos com sua sonoridade trouxe bastante melodia e composições bem acessíveis, o que agradou em cheio tanto os novos como os velhos fãs. Não deixe de conferir, pois você não irá se arrepender!

Links de acesso:



Formação:
Blackie Lawless (Vocal/Guitarra/Teclado)
Mike Duda (Baixo)
Mike Dupke (Bateria)
Doug Blair (Guitarra)

Tracklist:
1. Mercy
2. Long, Long Way To Go
3. Take Me Up
4. The Burning Man
5. Heaven's Hung In Black
6. Heaven's Blessed
7. Teacher
8. Heaven's Hung In Black (Reprise)
9. Deal With The Devil



0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More