25 de abril de 2016

Resenha - Banda: Soilwork - Álbum: The Ride Majestic (2015 - Shinigami Records)

Resenha por: Renato Sanson


Tendo uma capacidade criativa diferenciada e um senso melódico acima dos padrões, o Soilwork com o passar dos anos foi se aprimorando e consolidando sua sonoridade, que mesmo sendo calcada no Melodic Death Metal, traz influencias de Metalcore e muito do Metal moderno quem vem sendo praticado nos últimos anos.

“The Ride Majestic” é o seu 10° álbum de estúdio, e traz tudo que o Soilwork criou em sua carreira, mas dessa vez um pouco mais focado no passado, trazendo aquela agressividade que se entrelaça com as melodias e climas mais sombrios, em composições mais diretas, mas não menos trabalhadas.

As variações vocais de Björn estão mais bem colocadas, assim como os riffs de guitarra que não soam tão modernosos, deixando o lado melódico mais aparente. Já a cozinha esbanja a técnica e agressividade de sempre, aliado aos climas sombrios do teclado.

A abertura com “The Ride Majestic” já mostra o quanto o Soilwork evoluiu em relação aos últimos discos (mais precisamente os três últimos), riffs empolgantes, linhas vocais agressivas e um clima apocalíptico; “Death in General” traz ótimas melodias tanto das guitarras como da alternância vocal, sendo grudenta e poderosa; “Enemies in Fidelity” já traz aquele Melodic Death Metal mais tradicional, remetendo ao passado glorioso da banda.

Vale mencionar ainda a ótima produção a cargo de Björn, que desta vez não deixou o som artificial, trazendo uma sonoridade mais abrasiva e “real” se assim podemos dizer. A parte gráfica é belíssima e encanta logo de cara, mesmo sendo mais simplista, mas extremamente trabalhada e rica em detalhes.

Dizer que “The Ride Majestic” é o melhor lançamento do Soilwork em anos não seria nenhum exagero, já que de fato estavam devendo um álbum a altura de seu nome. Ótimo lançamento!


Links de acesso:


Tracklist:
1. The Ride Majestic
2. Alight in the Aftermath
3. Death in General
4. Enemies in Fidelity
5. Petrichor by Sulphur
6. The Phantom
7. The Ride Majestic (Aspire Angelic)
8. Whirl of Pain
9. All Along Echoing Paths
10. Shining Lights
11. Father and Son Watching the World Go Down
12. Of Hollow Dreams (bonus track)
13. Ghosts and Thunder (bonus track)

Formação:
Björn "Speed" Strid (Vocal)
Sylvain Coudret (Guitarra)
David Andersson (Guitarra)
Sven Karlsson (Teclado)
Markus Wibom (Baixo)

Dirk Verbeuren (Bateria)

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More