13 de junho de 2016

Resenha - Banda: Discharge - Álbum: End Of Days (2016 - Shinigami Records/Nuclear Blast)

Resenha por: Renato Sanson


Mais de trinta anos na ativa e nos trazendo um poderio sonoro em volta do Punk/Hardcore. Esse é o Discharge que chega em 2016 com seu 7° álbum da carreira (sem contar os diversos EPs e Splits), “End Of Days”, que traz aquela velha sonoridade calcada no Punk/HC com flertes de Thrash, mas soando mais polido e com boas melodias.

A produção feita por Peter Tägtgren apesar de soar limpa, não descaracteriza o som da banda, tendo aquela sujeira sonora presente e com os instrumentos nos devidos lugares. A sonoridade é empolgante e visceral! É impossível ouvir “End Of Days” e não se empolgar com os riffs na “cara”, refrões grudentos e linhas vocais de puro feeling, tudo que o fã de um bom Punk/HC merece está neste disco!

Não há o porquê se aprofundar e sim de adquirir sua cópia e sair pogando e batendo cabeça sem limites! É o velho Discharge mostrando como se deve fazer.


Links de acesso:

Formação:
JJ: Vocais
Bones: Guitarra
Rainy: Baixo
Tezz: Guitar
Dave: Bateria

Track List:
    New World Order
    Raped And Pillaged
    End Of Days
    The Broken Law
    False Flag Entertainment
    Meet Your Maker
    Hatebomb
    It Can’t Happen Here
    Infected
    Killing Yourself To Live
    Looking At Pictures Of Genocide
    Hund Drawn And Quartered
    Population Control
    The Terror Alert
    Accessories By Molotov (Part 2)

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More