29 de agosto de 2016

Resenha - Banda: In No Sense - Álbum: Despertar (2016)

Resenha por: Renan “Soto” Silva
Revisão/edição: Renato Sanson


A região nordeste não falha nunca! Que paulada absurda este primeiro disco da banda IN NO SENSE, providencialmente batizado de “Despertar”. Não se engane com o título, de certa forma brando, pois o que você vai encontrar aqui é um Metalcore visceral, com ótimas passagens mais melodiosas, e uma desenvoltura absurda na criação de riffs.

Direto de Fortaleza, Ceará, estes moleques entendem muito bem do riscado, e sabem muito bem onde querem chegar. Dentro de uma produção sólida, o disco é de fácil digestão, o que facilita bastante a audição do mesmo. As variações entre peso e melodia são as principais características positivas da bolachinha, tendo em vista que esta mescla garante todo o carisma aqui encontrado, sempre resultando numa ânsia do ouvinte em querer sempre mais. Apenas para traçar um paralelo, é como uma ótima série que, ao final de cada episódio, os ganchos meio que obrigam o telespectador a continuar assistindo. Ponto pros caras! Todo o CD é digno de destaques, mas curti muito a música “Cão”, bem direta e que propõe com exatidão o que descrevi neste texto.

Excepcional estreia da IN NO SENSE, que demonstra ter muita lenha pra queimar em sua recente carreira. Agora, com o suporte da MS Metal Records, não deve tardar pra ouvirmos falar muito neles daqui pra frente. Excelente!

Tracklist:
01 Despertar
02 Cárcere
03 Cão
04 Memórias Póstumas
05 Ao Seu Alcance
06 Haciendo Tu Proprio Camino
07 P. E. A- Perpétua Escuridão Advinda
08 Precipício
09 Véu do Acusar
10 Santimônio
11 Imunidade

Formação:
Jeferson Veríssimo (vocalista)
Matheus Ferreira (guitarrista e vocalista)
Lucas Arruda (guitarrista)
Adilson Silva (baixista)
Vicente Ferreira (baterista)

1 comentários:

A banda é foda e ao vivo melhor ainda,já fui em vários shows deles aqui na capital.

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More