31 de outubro de 2016

Resenha - Banda: Dominance - Álbum: XX: The Rising Vengeance (2016)

Resenha por: Maykon Kjelin
Rate: 8,5/10


Discos distintos lotados de harmonia, sentimento e técnica. A Itália vem demonstrando que nem só de música romântica, pizzas e massas vive o país,  mostrando inclusive que também existe amantes do Heavy Metal no país italiano. Já imaginou passear pelas águas de Veneza ao som de um Heavy Metal técnico e diferenciado? Talvez você não, mas acredito que muitos casais bangers aproveitam a harmonia das águas de Veneza para passear ao som de Dominance, uma excelente banda italiana de Metal.

Temos aqui um total de dez faixas, é uma opinião diferente atrás da outra a cada acorde, a cada riff, cada toque da bateria, cada groove do baixo é capaz de notar diferentes influências, aí você se pergunta: "Por que toda vida é notório as influências?" respondo com convicção que todo músico tem sua maneira de tocar, a partir da hora que se espelha em alguém para isto, mesmo que inevitável um músico ao ouvir suas bandas favoritas, suga as energias depositadas pelos mesmos em seus trabalhos e fica um ar de "Eu quero fazer como aquele cara faz, só que do  meu jeito".

As músicas do Dominance tem um ar de técnica, revesa entre a técnica e agilidade, para a harmônia e cadência, tudo com sua pitada certa para que o mesmo soe como único e reconhecível, ou poderia até dizer, interligado a banda ao ouvir, do tipo de que você ouve algo que não conhece e logo liga o nome do Dominance em sua mente. Temos dentro do disco, músicas que sempre bato o pé que uma banda tem que ter, que são aqueles hinos que grudará na cabeça de quem a ouvir e aqui temos mais de uma música e isso dá ao entender desde o principio a qualidade dos músicos em questão. Sabe o que faz um músico crescer? São as críticas construtivas. O músico ama ouvir elogios, mas um verdadeiro músico gosta de ouvir as críticas para saber aonde ele deve consertar e focar seus estudos, nascer com o dom é ótimo, mas você praticar e evoluir suas técnicas é ainda admirável, coisas que o Dominance certamente faz.

Outra coisa que muitas bandas vem deixando de lado e o Dominance fez com categoria, foi escolher a dedo a sequência do tracklist do CD, cadenciando o que tinham em mãos, fazendo uma tática como um time de futebol, sabendo aonde defender e aonde atacar e eu gostei muito como ficou a sequência, tanto na tracklist como dentro das próprias músicas, aonde eu pensei que faltaria um vocal mais acentuado para minha surpresa aparaceu, aonde senti que ia começar uma bateria mais presente, apareceu e foi assim com todos os instrumentos, souberam trabalhar com o que tinham e deixaram esse trabalho sensacional.


Links de acesso:

Formação:
MASSIMILIANO MARRI (Vocal)
GABRIEL CAVAZZINI (Guitarra)
LUCA PELLACH Guitarra)
SAVERIO ROSSI (Baixo)

Tracklist:
01 XX
02 Journey to a New Life
03 This Is War
04 Into the Dog
05 Twisted
06 Dear Next Victim
07 Breathless
08 Just a Reflection
09 Time to Pay
10 Rise Again


0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More