29 de agosto de 2017

Resenha - Banda: Hellish War - Álbum: Defender of Metal (2017 - Relançamento)

Resenha por: Renato Sanson


Comemorando quinze anos do lançamento de seu primeiro álbum, o Hellish War decidiu relança-lo para alegria dos fás, e “Defender of Metal” chega novamente ao mercado nacional e mostra para os que ainda não o conheciam a força do seu Heavy Metal Tradicional direto, rápido e agressivo.

Bebendo na fonte germânica do estilo temos guitarras agudas com riffs e solos marcantes, uma cozinha veloz e precisa e linhas vocais bem peculiares, que casam com a proposta seja nas partes mais melodiosas ou mais diretas.

As composições apresentam ótimas estruturas como se tivessem sido forjadas no fogo e aço tamanho a consistência, e mesmo passado tantos anos (“Defender...” foi lançado originalmente em 2001) temos o que chamamos de clássico em mãos, empolgante, vigoroso e que merece estar na estante de qualquer headbanger que se preze.

A produção soa simples, mas que combina perfeitamente com a ideia sonora, sem invencionices, pesado, agressivo e com ótimas melodias.

É muito bom poder ter acesso há um material como este nos dias de hoje, se você é um colecionador assíduo assim como eu e muitos bangers mundo a fora, não deixe de garantir a sua cópia, pois ficara em seu som por muitos dias!

Destaques: “Hellish War”, “We Are Living for the Metal”, “Gladiator”, Into the Valhalla”, “Memories of A Metal” e “The Law of the Blade”.


Links:

Formação:
Roger Hammer - Vocais
Vulcano - Guitarras
Daniel Job - Guitarras
Gustavo Gostautas - Baixo
Jayr Costa - Bateria

Tracklist:
1. Into the Battle
2. Hellish War
3. We Are Living for the Metal
4. Defender of Metal
5. The Sign
6. Gladiator
7. Into the Valhalla
8. Sacred Sword
9. Memories of a Metal
10. Feeling of Warriors
11. The Law of the Blade

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More