20 de setembro de 2017

Resenha - Banda: Danzig - Álbum: Black Laden Crown (2017 - Shinigami Records/Nuclear Blast)

Resenha por: Renato Sanson


Confesso que parei de acompanhar a carreira do Danzig no álbum “4” de 1994, pois o que veio dali pra frente foram discos bem fracos e de uma estranheza sonora fora do que o Danzig era capaz de produzir.

Mas em 2017 o vocalista americano trouxe “Black Laden Crown” que não é um resgate a velha forma, mas que comparado aos lançamentos anteriores é certamente o melhor trabalho desde “4”.

O som é bem cru e simples, mas traz aqueles riffs característicos e sombrios de volta, assim como Danzig e sua voz soturna tradicional, que mesmo não estando na melhor forma continua marcante e instigante.

A produção soa bem orgânica e simples, que poderia ser melhor trabalhada, até porque os timbres soam bem old school, mas dão essa nova tônica a esse resgate do que foi perdido.

Aquele Heavy Metal “sabbathico” está mais presente, composições simples, mas inspiradas, que variam entre bons e maus momentos. No mais um bom trabalho que pode recolocar Danzig no caminho de lançamentos com maior qualidade.

Há tempo de mencionar a arte do trabalho estilo HQ que ficou muito legal, além de vir embalada em um bonito Digipack, mas sem nenhuma informação sobre as gravações e a formação que gravou o álbum, até porque neste trabalho muitos músicos participaram, e poderia constar um simples encarte com essas infos.


Links de acesso:


Formação:
Glenn Danzig – lead vocals, piano, rhythm guitar, bass, drums (2, 4, 7)
Tommy Victor – lead guitar, bass
Joey Castillo – drums (3, 8)
Johnny Kelly – drums (1, 5)
Dirk Verbeuren – drums (6)
Karl Rosqvist – drums (9)

Tracklist
01 Black Laden Crown
02 Eyes Ripping Fire
03 Devil On Hwy 9
04 Last Ride
05 The Witching Hour
06 But a Nightmare
07 Skulls & Daisies
08 Blackness Falls
09 Pull the Sun



0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More