11 de novembro de 2017

Resenha - Banda: Heaven Shall Burn - Álbum: Wanderer (2016 - Shinigami Records)

Resenha por: Renato Sanson


Os alemães do Heaven Shall Burn certamente estão em seu melhor momento, e isso prova a qualidade ímpar de “Wanderer” (oitavo disco de estúdio) que continua em sua proposta moderna, mas não menos Metal, muito pelo contrário, o que o HSB fez em toda sua carreira foi entregar ao público muito Metal, você goste ou não.

Aqui a mescla do Deathcore com Melodic Death Metal continua, mas de uma forma mais obscura e sorumbática, tendo momentos caóticos e melodias soturnas que trouxeram um novo dinamismo a sua sonoridade.

A produção que ficou a cargo dos guitarristas Alexander Dietz e Maik Weichert soa límpida, mas não plastificada, mantendo um bom equilíbrio entre o natural e o lado mais moderno, o que ressaltou ainda mais o lado obscuro que se enveredaram neste novo trabalho.  

O peso de “Wanderer” é descomunal e mostra que as lacunas de suas composições são mais Metal do que nunca, pois as guitarras polidas nos brindam com ótimos riffs e solos, assim como a agressividade do baixo-bateria que completam esse lado melancólico deixando o espaço necessário para as linhas vocais enérgicas de Marcus.

A abertura com “The Loss of Fury” já mostra a evolução latente dos alemães que mesmo curta, traz os elementos que permeiam o álbum do começo ao fim, com muita brutalidade e boas melodias, como é possível notar em: “Bring the War Home” e “Save Me”.

“Wanderer” também traz várias participações especiais de nomes como: George “Corpsegrinder” Fisher (do CANNIBAL CORPSE), Nick Hipa (do WOVENWAR e ex-AS I LAY DYING), Aðalbjörn Tryggvason (do SÓLSTAFIR) e Katharina Radig (que mostra sua bela voz em diversas faixas do álbum).

No mais é apreciar o novo trabalho dos caras e ver que sim, existe vida na nova safra do Heavy Metal mundial.

Links:

Tracklist:
1. The Loss of Fury
2. Bring the War Home
3. Passage of the Crane
4. They Shall Not Pass
5. Downshifter
6. Prey to God (feat. George “Corpsegrinder” Fisher)
7. My Heart is My Compass
8. Save Me (feat. Nick Hipa)
9. Corium
10. Extermination Order
11. A River of Crimson
12. The Cry of Mankind (My Dying Bride – feat. Aðalbjörn Tryggvason)

Formação:
Marcus Bischoff - Vocals
Maik Weichert - Guitarras
Alexander Dietz - Guitarras
Eric Bischoff - Baixo
Christian Bass - Bateria

0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More