14 de fevereiro de 2018

Resenha - Banda: Doctor Jimmy - EP: Cotidiano (2018)

Resenha por: Renato Sanson


Nós da Heavy And Hell tivemos mais uma vez o prazer de resenhar um disco antes do lançamento oficial (lançamento previsto para 19/02), e desta vez nos chega em mãos o EP dos catarinenses do Doctor Jimmy, sob o nome de “Cotidiano”.

A sonoridade apresentada é um mix entre o Rock Nacional oitentista de nomes como: Os Cascaveletes e Barão Vermelho (fase Frejat nos vocais) com o Hardcore mais melódico do CPM 22 e Deadfish, tudo muito bem encaixado graças a uma produção coesa e vivida, com ótimo equilíbrio entre melodias e certos momentos mais pesados.

O senso melódico do EP é bem elaborado, assim como a simplicidade que permeiam as composições e deixam as mesmas de fácil assimilação como em: “Você fala demais” (uma bela crítica aos que realmente só falam e nada fazem para mudar ou sair da mesmice) refrão pegajoso e boas linhas de guitarra com uma cozinha bem compassada e firme e “Homens fardados” (falando da impunidade que assola todos nós, sendo muitas dessas injustiças vindas dos ditos “homens de farda”) que conta com a participação de Daniel Russo (A Hora Hard) com guitarras mais diretas e bons solos, sendo que basta poucas audições para sair cantarolando seus versos.

O EP ainda apresenta outros dois destaques a bela balada “Nunca terá fim” com seus ótimos teclados e a que considero o “hit” do trabalho: “Ela sabe das coisas” (contando sobre uma paixão noturna, onde você tem e ao mesmo tempo não tem a pessoa desejada) que conta com a participação de Naldo Arraes (Cherry Ramona) em um ótimo dueto trazendo a veia Hardcore melódico mais à tona.

As composições em si são simples, mas bem estruturadas apesar de fazerem o “feijão com arroz”, porém no que se propõem instrumentalmente dão conta do recado e deixam poucas arestas para serem aparadas.

Mas o ponto que quero chegar são as linhas vocais, que ao meu ver deixaram a desejar, não comprometem o trabalho como um todo, já que bons momentos são perceptíveis, porém poderia ter um pouco mais de imponência e até mesmo soar mais “agressivo”, claro, dentro de sua proposta, não tão “suave” como podemos escutar no EP, para ter maior personalidade e deixar sua marca latente.

Outro ponto que poderia ser revisto é a faixa em inglês “Dont understand”, que não acrescenta em muita coisa ficando bem abaixo das demais em língua pátria.

No mais temos um bom lançamento e uma banda que pode evoluir e chegar longe, já que capacidade mostraram que tem de sobra.

Links de acesso:

Tracklist:
01) Não Tenho Pressa
02) Homens Fardados (Russo)
03) Ela Sabe das Coisas (Naldo Arraes)
04) Você fala demais
05) Nunca Terá Fim
06) Dont Understand

Formação:
Djonatan Bento - vocal
Vito Ventura - guitarra
Endryll Hipolito - teclado
Ronaldo Martins - baixo
Maykon Kjellin - bateria



2 comentários:

baita resenha cara, um prazer ter a primeira resenha da minha carreira autoral sendo escrita por um cara que admiro muito!

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More