11 de setembro de 2016

Resenha - Banda: Aeon Prime - Álbum: Future Into Dust (2016)

Resenha por Renato Sanson


Temos bandas em nosso underground que nos surpreendem tanto na parte musical como em sua concepção harmoniosa, desde suas letras até a parte gráfica.

Este é o caso do quinteto paulista Aeon Prime, que chega em 2016 com seu Debut Future Into Dust.

Que traz uma sonoridade calcada no Heavy Metal tradicional, mas que que também bebe na fonte do NWOBHM, onde trazem uma construção sonora de alto nível, com muito feeling e porque não uma beleza musical que poucos conseguem transmitir.

A produção sonora feita por Pedro Esteves (Liar Symphony) caiu perfeitamente bem a proposta sonora da banda, os timbres são limpos e mais puxados para a modernidade onde deixou sua sonoridade mais sofisticada. Um ponto que chama a atenção e que completa a musicalidade apresentada é a parte gráfica que soa introspectiva e melancólica, o que você deve se perguntar o porquê disto, já que se trata de uma banda de Heavy Metal tradicional com toques de NWOBHM. Pois bem, a parte gráfica nada mais é que o reflexo da parte lírica que o grupo apresenta, onde a melancolia e as dúvidas do ser humano se entrelaçam as ótimas melodias e riffs pulsantes, onde as angustias são interpretadas por um vocal poderoso e abrasivo.

Como mencionado as linhas vocais são excelentes e não soam exageradas ou agudas, mas sim equilibradas. Já as guitarras trazem riffs empolgantes e belos solos que prezam pelas melodias, que agregado a cozinha que traz a força motriz do álbum, temos uma sonoridade forte e marcante.

Cada faixa representa um conceito em que vivemos em nossas vidas, mas que muitas vezes passam batidos, trazendo sentimentos variados como em Revolving Melody ou a bela e instigante About Dreams and Lies. Agora fica ao seu critério as interpretações tiradas de Future Into Dust.

Grande estreia de uma banda que tem um belo futuro pela frente!

Links de acesso:

Tracklist:
1. Coliseum
2. Future into Dust
3. Revolving Melody
4. Ghost
5. The Commandments
6. Deadly Sacrifice
7. About Dreams and Lies
8. Newborn Star
9. In Gold We Trust
10. In the Depths of Me

Formação:
Michel de Lima - Vocal
Yuri Simões - Guitarras
Felipe Mozini - Guitarras
André Fernandes - Baixo
Rafael Negreiros - Bateria







0 comentários:

Postar um comentário

Share

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More